• Equipe

10 Filmes para bater cabeça - O Cinema e o Heavy Metal

Foi no dia 13 de fevereiro de 1970 que o mundo conheceu o que era o Heavy Metal. Os acordes dissonantes de Tony Iommi, os efeitos sonoros de tempestade e a voz macabra de Ozzy Osbourne chegaram aos ouvidos do público no disco de estreia do Black Sabbath, e a partir daí, o mundo da música nunca mais foi o mesmo. Alguns outros fãs e pesquisadores podem traçar as origens do gênero ainda mais atrás, mas o que fica claro é que a banda foi o início de algo mais solidificado.

Black Sabbath

Não demorou muito pro gênero cair no gosto do público, chegando à ser uma das maiores modas entre os adolescentes dos ano 80, ele chegou sim ao topo. Com essa grande exposição o cinema começou à tomar para si um pouco desse estilo que é tão amado por alguns e odiado por outros, hoje em dia.


Se por algum acaso seu rolê é CINEMA e você viveu em uma caverna pelas últimas cinquenta décadas, aqui vai a definição mais resumida do que foi e do que é hoje em dia o Heavy Metal, ou Metal. As primeiras bandas de heavy metal como Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath atraíram um grande público, apesar de muitas vezes serem desdenhadas pelos críticos, um fato comum em toda a história do gênero. Em meados dos anos 1970, o Judas Priest ajudou a impulsionar a evolução do gênero suprimindo muito da influência do blues existente; o Motörhead introduziu a sensibilidade do punk rock e uma ênfase crescente na velocidade. Bandas do New Wave of British Heavy Metal como Iron Maiden e Saxon seguiram o mesmo caminho.

Judas Priest

Durante os anos 1980, o glam metal tornou-se uma força comercial com grupos como Mötley Crüe e Poison. O underground produziu cenas mais extremas e estilos agressivos: o thrash metal invadiu o mainstream trazendo à luz bandas como Anthrax, Megadeth, Metallica e Slayer, enquanto outros estilos ainda mais pesados como o death metal e o black metal permaneceram como fenômenos da subcultura do metal. Desde meados da década de 1990, estilos populares como o groove metal (ex.: Pantera) que combina metal extremo com hardcore punk, e o nu metal (ex.: Korn), que incorpora elementos de grunge e hip hop, ajudaram a ampliar a definição do gênero.

Panelinha do Black Metal Norueguês no porão da loja de discos Helvete

Pensando na união entre essas duas entidades, o cinema e o Heavy Metal, aqui vão dez indicações para quem já conhece e para quem ainda não conhece o que é essa maravilha da música: (Exagerei? Pois eu sou fã mesmo, tô nem aí, reclama lá no SAC)


 


1. "Heavy Metal - Universo em Fantasia" - Gerald Potterton (1981)

O Loc-Nar é uma esfera fluorescente viva, inteligente e extremamente perversa. Ele aterroriza uma menina ao mesmo tempo em que conta a história de sua influência maligna ao longo do tempo e espaço em diversos mundos onde já esteve. O filme é uma antologia de várias histórias de fantasia e ficção científica adaptadas da revista Heavy Metal e também histórias originais. Como a revista, a animação tem uma grande dose de violência gráfica, nudez e sexualidade. A trilha sonora possui canções de artistas tais como Black Sabbath, Blue Öyster Cult, Cheap Trick, Devo, Grand Funk Railroad, Journey, Sammy Hagar, Stevie Nicks, entre outros.


2. "Isto É Spinal Tap" - Rob Reiner (1984)

É um mocumentário sobre uma banda fictícia chamada Spinal Tap, dirigido por Rob Reiner e lançado em 1984. O filme satiriza o comportamento e as ambições musicais das bandas de hard rock e heavy metal da época, bem como as tendências dos documentários então produzidos. Embora Rob Reiner e os três atores principais tenham sido creditados como os escritores do filme, grande parte foi filmada ad libitum, e muitas horas de gravação foram feitas antes que Rob editasse o filme. Um bootleg de quatro horas e meia de duração existe e tem sido negociado entre os fãs e colecionadores através dos anos. O filme aproximou-se bastante de alguns músicos. Robert Plant, Dee Snider e Ozzy Osbourne todos relataram que, como os Spinal Tap, eles já se perderam nos bastidores procurando o caminho do palco. Lars Ulrich disse numa entrevista coletiva que a turnê de 1992 do Metallica com o Guns N' Roses havia sido "tão Spinal Tap". Pouco tempo após a turnê ser iniciada James Hetfield do Metallica sofreu queimaduras de terceiro grau nos braços após se posicionar próximo a dispositivos de pirotecnia.


3. "Quanto Mais Idiota Melhor" - Penelope Spheeris (1992)

Michael Myers em sua estreia no cinema como Wayne Campbell e Dana Carvey como Garth Algar, dois amigos fãs de rock que são donos de um programa de televisão a cabo chamado "Wayne's World", gravado em Aurora, Illinois. O filme é uma adaptação cinematográfica de uma esquete com mesmo nome do programa Saturday Night Live, da NBC. O elenco também inclui Meat Loaf e Alice Cooper. Uma sequência, foi lançada em 10 de dezembro de 1993.


4. "Os Cabeças-de-Vento" - Michael Lehmann (1994)

É estrelado por Brendan Fraser, Steve Buscemi e Adam Sandler que interpretam os membros perdedores de uma banda de heavy metal que decidem forjar um sequestro numa estação de rádio, a fim de obterem airplay para sua gravação demo. O grupo White Zombie aparece tocando a música Feed the Gods. Lemmy Kilmister, vocalista do Motörhead aparece como o roqueiro que admite ter sido editor do jornal da escola quando jovem. Mike Judge aparece fazendo as vozes dos personagens Beavis e Butt-Head, quando eles ligam para a rádio.


5. "Beavis and Butt-head Conquistam a América" - Mike Judge (1997)

A televisão, objeto de adoração dos adolescentes Beavis e Butt-Head, é roubada. Assim, eles partem em uma viagem pelo território americano para recuperá-la, encontrando agentes secretos, um homem que pôs à prêmio a cabeça de sua mulher e até mesmo o presidente Bill Clinton. O filme tem na sua trilha sonora bandas como Red Hot Chili Peppers, White Zombie, Ozzy Osbourne e AC/DC.


6. "Escola de Rock" - Richard Linklater (2003)

O enredo principal gira em torno de Dewey Finn, um cantor e guitarrista de rock que é demitido da banda No Vacancy, e posteriormente se disfarça como professor substituto em uma prestigiosa escola preparatória. Depois de testemunhar o talento musical de seus alunos, Dewey forma uma banda com alunos da quinta série do ensino fundamental para vencer a próxima Batalha das Bandas e pagar o seu aluguel. O filme fez um enorme sucesso com o público jovem se tornando um clássico da cultura pop dos anos 2000. O filme é recheado de menções, citações, músicas e referências ao Rock e ao Heavy Metal.


7. "Tenacious D: Uma Dupla Infernal" - Liam Lynch (2006)

O filme conta a história de JB (Jack Black), um jovem rapaz oprimido pelos pais, que após ter uma visão com o ex-vocalista do Black Sabbath, Ronnie James Dio, foge da sua cidade natal chamada Kickapoo, em busca do sucesso como roqueiro. Na sua jornada, se encontra com KG (Kyle Gass), um músico fracassado que lhe promete ensinar como ser um rockstar. Os dois formam a banda, e descobrem um segredo que acompanha os maiores mitos do rock: a Palheta do Destino, uma palheta com poderes musicais satânicos, feita do dente do proprio Demônio. A dupla então parte em busca da palheta para se tornar a maior banda de rock que já existiu. Enquanto isso, precisam da palheta, que está guardada na "fortaleza" do Museu do Rock, para compor uma obra de arte que irá fazê-los ganhar o concurso de calouros num bar, de forma que consigam pagar o aluguel do apartamento de KG. Tem a participação especial de Ronnie James Dio (Dio) , Dave Grohl, Meat Loaf, Ben Stiller e Tim Robbins. Todas as músicas do filme foram escritas por Jack Black e Kyle Gass.


8. "Mudando o Destino" - Ragnar Bragason (2013)

Hera nasce em uma fazenda na Islândia em 1970, ano em que o Black Sabbath lança seu primeiro álbum. Sua juventude é tranquila até que seu irmão mais velho morre em um acidente e Hera se culpa por sua morte. Então, ela encontra consolo no Heavy Metal. A trilha sonora é composta por músicas lançadas entre 1970 e 1992.


9. "Deathgasm" - Jason Lei Howden (2015)

Um garoto novo na cidade, Brodie se torna parceiro do bad-boy Zakk, rapidamente se conectam sobre sua mútua admiração pelo heavy metal. Cansados do tédio da vida suburbana, dois adolescentes formam uma banda e acabam tocando uma música proibida que abre os portões do inferno. Aprofundando-se em magia negra, ao mesmo tempo em que tentam escapar de suas vidas mundanas.


10. "Lords of Chaos" - Jonas Åkerlund (2018)

Euronymous é um jovem que vive em Oslo, na Noruega. Obcecado com o verdadeiro black metal norueguês, ele funda a banda Mayhem e passa a se envolver em estratégias publicitárias chocantes para trazer fama e reconhecimento para sua cena musical. Porém, as coisas saem do controle e a natureza obscura e o excesso de violência de Euronymous e seus amigos chocam a nação. O filme é baseado em fatos e versões de acontecimentos reais. O longa-metragem tem produção de Jonas Åkerlund, que foi baterista do Bathory.


Escrito por Gabriel Pinheiro

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo